Consistência na Gestão

Firmeza e transparência reforçada pelo engajamento com os nossos stakeholders colocam a Minerva Foods em posição de destaque no cenário da indústria global de alimentos.

Uma gestão de riscos, eficaz, aplicável ao mundo dos negócios, é essencial para apoiar a expansão consistente e a longevidade de um empreendimento, especialmente àqueles de grande porte, com significativos impactos na sociedade. Os resultados da Minerva Foods em 2013 demonstram que uma estratégia solidamente estruturada, pautada na gestão de riscos, forma um eixo firme para a tomada de decisão em diferentes cenários, trazendo soluções embasadas no bom senso e na técnica apurada.

Marca da trajetória da Minerva, a gestão firme e transparente é reforçada pelo engajamento com partes interessadas (stakeholders), por meio da divulgação de informações fidedignas sobre as suas práticas empresariais, que a colocam em posição de destaque no cenário da indústria global de alimentos.

Nesta terceira edição do Relatório de Sustentabilidade, apresentam-se mais uma vez os frutos da estratégia de diversificação, tanto da base de fornecedores de gado quanto da localização geográfica das plantas de abate, instaladas nas principais regiões brasileiras, no Paraguai e no Uruguai. A concentração na América do Sul decorre do prognóstico de vantagens competitivas da região, que se consolida como privilegiada plataforma de abastecimento global de proteína vermelha.

Em 2013, as vendas externas aumentaram 29%, destacando a Minerva entre os maiores exportadores de carne in natura do subcontinente. O bom desempenho se deve também à rápida identificação dos movimentos dos importadores, graças aos esforços para dar mais eficiência aos canais de atendimento a clientes de mais de uma centena de países. A Companhia mostrou capacidade de adaptação para absorver a demanda em alta, num cenário de menor oferta de carne no mercado internacional. Também no mercado interno o consumo cresceu fortemente, com vendas 17% maiores. Somadas as operações, foi de 24% o incremento da Receita Bruta, indicador amplamente satisfatório de que a estratégia segue no rumo certo.

O considerável aumento do volume de vendas encontrou respaldo no aprimoramento da estrutura de capital da Minerva – meta prioritária estabelecida por este Conselho de Administração. Ao final de 2013, caiu para 3,3x o índice Dívida Líquida/EBTIDA, representativo da desalavancagem financeira. Com melhor gestão dos passivos, mesmo no ambiente de deterioração cambial a posição de caixa ao final do ano era suficiente para a amortização dos débitos até 2022.

A saúde financeira precede e determina as opções da Companhia ao avaliar as oportunidades de crescimento. Essa diretriz de longo prazo permitiu a execução do plano de investimento, anunciado ainda em 2012, na abertura de dois novos Centros de Distribuição e na ampliação (ainda em curso) da capacidade de produção da Minerva Fine Foods. Favoreceu também a aquisição de duas plantas da BRF em Mato Grosso (por meio de Acordo de Investimento aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica do governo federal). As perspectivas de maior demanda interna e externa admitem projetar a continuidade da política de expansão.

Neste contexto de conquistas, vale destacar o acordo com a IFC – International Finance Corporation, membro do Grupo Banco Mundial que se tornou acionista da Companhia. Este investimento objetiva auxiliar a Minerva a ampliar os seus padrões ambientais e sociais além da rastreabilidade de sua cadeia de suprimentos pela implementação de um plano de ação apoiando o crescimento de uma indústria mais sustentável. Trata-se de importante chancela que impulsiona a administração a buscar o aperfeiçoamento constante das práticas internacionalmente reconhecidas. Entre as ações de curto prazo previstas no acordo, está a implementação de um sistema de gestão socioambiental que garantirá processos de gestão mais sustentáveis e um maior envolvimento da cadeia de valor com os pilares da sustentabilidade. Consciente de seu papel de guardião dos interesses dos acionistas e demais stakeholders, este Conselho de Administração está satisfeito com os esforços de todos os colaboradores, liderados pela Diretoria Executiva, para alcançar os consistentes resultados que elevam o conceito da Minerva S.A. como produtora de alimentos de qualidade apreciada em todo o mundo. GRI-1.1

Edivar Vilela de Queiroz
Presidente do Conselho de Administração

“A Companhia mostrou capacidade de adaptação para absorver a demanda em alta, num cenário de menor oferta de carne no mercado internacional.”