APOIO AOS FORNECEDORES

Conhecimento das condições de mercado é patrimônio compartilhado

 

O gado é a principal matéria-prima da Minerva Foods, o que torna fundamental a parceria com os fornecedores. A Companhia acompanha e instrui pecuaristas na aplicação de técnicas para melhorar a produtividade das fazendas sem aumentar as áreas de pastagem. São realizadas também pesquisas de campo a fim de otimizar a utilização dos recursos naturais pelos pecuaristas. Para isso, disponibiliza ferramentas para oferecer aos fornecedores informações necessárias à qualificação da matéria-prima de maneira sustentável. Veja a seguir algumas dessas ferramentas.

Atendimento on line

Os parceiros da Minerva têm à disposição canais de comunicação direta com a Companhia como o Serviço de Atendimento aos Fornecedores (SAF), por meio do qual os pecuaristas podem esclarecer dúvidas e enviar sugestões. Em 2013, o SAF recebeu 82 questionamentos, dúvidas, críticas ou sugestões dos produtores.

Pecuaristas têm acesso ao SAF via twitter @minervaresearch ou e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

O serviço é de responsabilidade do departamento de Pesquisa de Mercado, que tem entre suas atribuições a de estreitar o relacionamento com os fornecedores e auxiliar seu desenvolvimento. O SAF também produz e envia aos cadastrados informativos relevantes para a atividade pecuária.

UM LAÇO DE CONFIANÇA

Foram enviados por e-mail 121 relatórios ao longo de 2013, com as tendências de clima, de mercado, pesquisas de confinamento, convites de eventos, divulgação de resultados e outros. Mais 41 pecuaristas passaram a integrar o mailing da Minerva no período, aumentando para 2040 o número de fornecedores cadastrados que recebem sistematicamente essas informações.

O envio de análises e informações aproxima a Companhia de seus fornecedores, na medida em que o conhecimento das condições do mercado se torna um patrimônio comum, viabilizando negociações mais transparentes e ágeis com menor risco para todos. As publicações hospedadas no site ((www.minervafoods.com) e enviadas por e-mail aos pecuaristas possuem um slogan que demonstra claramente o foco da Companhia em estreitar a relação com os fornecedores: “Pecuarista & Minerva, um laço de confiança”. (GRI-4.16)

INFORMAÇÃO COMPARTILHADA


Pesquisa de Confinamento – informa as tendências do crescente mercado de confinamento por região, incluindo a intenção dos fazendeiros de manter ou aumentar esse tipo de operação, de acordo com as informações obtidas pelos extensionistas;


Relatório de boi a termo – tendência dos mercados de boi gordo, proteínas, concorrentes e grãos


Artigos – são análises setoriais que visam ampliar a compreensão do fornecedor a respeito dos movimentos do mercado


Relatório de Resultados Minerva – resultados trimestrais divulgados em linguagem simplificada e resumida


Relatório de Clima – apresenta as variações climáticas por região, de forma resumida, com ênfase nas condições de umidade do solo, em linguagem apropriada para orientação da atividade pecuária.


 

INTERAÇÃO AMPLIA INFLUÊNCIA

Contato permanente com pecuaristas visa qualificar produção

O programa “Minerva Falando de Pecuária” é outra importante ferramenta de interação com os fornecedores. Trata-se de palestras complementares às visitas de campo, promovidas nas unidades industriais para grupos de cerca de 50 pecuaristas. Nos encontros são abordados temas como “Mercado e modalidades de negociação”, “Qualidade da carne e exigências de mercado”, “Orientações legais para regularizar as fazendas”, “Sustentabilidade”, entre outros

Em 2013, foram realizados sete encontros. A Minerva atuou para se tornar mais assertiva em relação aos assuntos abordados, adequando os temas à realidade de cada região. Para isso, estruturou diagnósticos realizados pelos compradores contendo sugestões enviadas pelos próprios pecuaristas.

Este programa é especialmente relevante para a Minerva, pois as palestras são também uma oportunidade para que a Companhia compartilhe com este público o que faz com o produto que ele fornece (ou pretende fornecer), o que está fora dos padrões de consumo e o que precisa ser melhorado. Além disso, é uma forma de manter estes produtores atualizados em relação às exigências do mercado, dando subsídios para que se tornem mais competitivos. (GRI-4.16; GRI-4.17)